quinta-feira, 21 de abril de 2011

Desabafo...


Tem dias que a gente quer sumir!
Hoje é um destes dias...

Saí mais cedo com um amigo, me distrai,
bebemos uns goles de chopp,
comprei meus remédios.
Encontrei minha irmã e minha sobrinha,
fomos em busca de ovos de páscoa,
no meio de toda aquela confusão,
gritaria, empurra e puxa...
parecia uma feira!

Lanchamos, e voltamos para casa...
Mas ainda me falta algo!

(Este é o momento dos evangélicos dizerem "Falta Jesus na sua vida")
(Nada contra evangélicos, minha família inteira é!
Creio inclusive que minha cadela, antes de comer a ração
faz uma pequena oração!)

Mas tem momentos que eu quero explodir!
Tem dias que eu escuto demais!
Escuto as vozes das pessoas, todas de uma só vez,
escuto o pensamento das pessoas, pelos seus gestos,
escuto barulho de coisas que caem...
miados de gatos, latidos de cachorro...
tudo irrita!

Tem dias que eu queria sumir!
Mas sumir para onde?
Boates, baladas, noitadas...
Não sei ao certo para onde ir!

Feriadão aí, batendo na porta...
entrando em casa... e se instalando...
se acomodando pelos cantos.
Todo largado, espalhado!

E a minha vida passa!
E eu tenho que passar por onde ela passa!
Quem guia quem?
Eu guio minha vida? Minha vida me guia?
Ou Deus guia tudo isto?

Se Ele guia, então poderia nos dar o mapa, pelo menos!
Será algo até feio de dizer, mas às vezes invejo a vida
dos cegos, surdos e mudos. De nascença!
A gente só cobiça aquilo que a gente vê!
Se eu não vejo...
Às vezes a gente ouve ou fala coisas demais,
algumas até merecem ser ditas,
mas muitas merecem permanecer caladas!

Nunca estamos satisfeitos com o que temos...
sempre queremos mais! E se não podemos ter...
Aí é pior ainda! O desejo e cobiça por este "querer" triplica!
Por que somos assim? Só porque somos humanos?
Não me satisfaço com esta explicação.
Está vendo? Nunca nos satisfazemos com aquilo que temos!

Tem sempre que ter mais...
Tem sempre que ser difícil, tem que ser complicado!

Por quê? Por que isto tudo tem que ser assim?
Ou eu exijo muito da vida, ou ela me dá pouco...

Tenho saúde, tenho emprego, tenho um teto,
tenho minha família, tenho amigos...
Já recebi dádivas e livramentos mil...
Mas ainda assim eu reclamo e quero mais!

Até quando será assim? Todos deveríamos ter atualizações
no nosso sistema! Como os computadores...
Plugávamos, faziamos o download, e pronto!

Mas não! Não funcionamos assim...
Temos que passar pela vida,
pelos perrengues da vida,
pelas dificuldades,
temos que apanhar para aprender nossos pontos fracos,
e aprender a nos defender e contra-atacar!
Será sempre assim?

Tem dias que queremos sumir!
Hoje é um desses dias...


Flávio Augusto Albuquerque


*PUBLICADO ORIGINALMENTE EM 21/04/2011 NO BLOG: http://flavioguto.blogspot.com*

terça-feira, 19 de abril de 2011

O Jovem Triste.


"Depois de um relacionamento desfeito, o jovem triste procura o seu velho mestre. O mestre escuta sua história pacientemente e lhe fala: 'Assim é a vida, meu jovem. O sofrimento faz parte dela. Somente depois de algum tempo você aprenderá a sutil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma. Você aprenderá que amar não significa apoiar-se, que companhia nem sempre significa segurança, e começará a aprender que beijos não são contratos, e que presentes não são promessas'!"

(Autor desconhecido)

*PUBLICADO ORIGINALMENTE EM 19/04/2011 NO BLOG: http://flavioguto.blogspot.com*

terça-feira, 12 de abril de 2011

Paciência...



Paciência é uma virtude de manter um controle emocional equilibrado, sem perder a calma, ao longo do tempo. Consiste basicamente de tolerância a erros ou fatos indesejados. É a capacidade de suportar incômodos e dificuldades de toda ordem, de qualquer hora ou em qualquer lugar. É a capacidade de persistir em uma atividade difícil, tendo ação tranqüila e acreditando que você irá conseguir o que quer, de ser perseverante, de esperar o momento certo para certas atitudes, de aguardar em paz a compreensão que ainda não se tenha obtido , capacidade de ouvir alguém, com calma, com atenção, sem ter pressa, capacidade de se libertar da ansiedade. A tolerância e a paciência são fontes de apoio seguro nos quais podemos confiar. Ser paciente é ser educado, ser humanizado e saber agir com calma e com tolerância. A paciência também é uma caridade quando praticada nos relacionamentos interpessoais.

Diz-se que dentre as virtudes, a mais difícil de desenvolver é a paciência, mas uma vez desenvolvida, esta traz inúmeros benefícios. É possível exercitar a paciência em diversas áreas, como por exemplo: No trânsito, na fila do banco, na convivência familiar, no trabalho, nos estudos, etc. Uma pessoa paciente sabe que para alcançar um objetivo é necessário passar por pequenos obstáculos que devem ser analisados cuidadosamente para passar ao próximo obstáculo até alcançar o objetivo final.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/paciência/

*PUBLICADO ORIGINALMENTE EM 12/04/2011 NO BLOG: http://flavioguto.blogspot.com*